comunicacao@samaesombrio.com.br
(48) 3533 5275
Quite seus débitos


Notícias


Separação do lixo: Você faz em sua casa? Veja como é simples organizar!

Separar o lixo corretamente é essencial para mantermos a qualidade de nossas vidas. A reciclagem não só influência positivamente nas questões ambientais, como ajuda na economia e na organização da cidade. Veja como é simples fazer essa separação e os benefícios que gera ao dia a dia.

Pequenos hábitos podem mudar o mundo! Separar o lixo, por exemplo, parece ser uma ação tão simples e prática de fazer que nem pensamos muito sobre o tamanho de sua importância para nossa qualidade de vida. Saber ordenar corretamente cada tipo de resíduo ajuda e muito na hora do recolhimento e no reaproveitamento dos objetos, gerando um ambiente sustentável, uma natureza mais limpa e produtiva.

Se pararmos para pensar, grande parte das mudanças sociais começam por nós mesmos. Cada um fazendo um pouquinho, iniciando-se na própria casa, estendendo-se à vizinhança, bairros e por ai em diante. Separar o lixo beneficia a sociedade no geral: diminui a quantidade dos dejetos nos lixões e aterros sanitários, chegando até eles somente os resíduos que não podem ser reutilizados, além de diminuir o impacto no meio ambiente, já que mais da metade dos resíduos sólidos utilizados na casa dos brasileiros é jogado, sem qualquer tratamento, em lixões a céu aberto, segundo o Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Reciclar é fundamental: Reaproveitar é uma forma de amor com o meio ambiente. É um dos principais métodos de recolha, trazendo diversos benefícios ao planeta, uma vez que materiais feitos de vidro, plástico, papel e metal podem ser reciclados. "A reciclagem reduz, de forma importante, o impacto sobre o meio ambiente: diminui as retiradas de matéria-prima da natureza, gera economia de água e energia e reduz a disposição inadequada do lixo. Além disso, é fonte de renda para os catadores", diz a nota do MMA.

Veja como separar corretamente o lixo reciclável em casa:

- Não misture lixo orgânico com recicláveis: O primeiro passo para começar a separar o lixo é separar as sobras de alimento, como cascas de legumes e frutas, do lixo reciclável. Coloque plásticos e metais em um saco e as sobras em outro.

- Lavar as embalagens recicláveis: Ao descartar embalagens de leite, garrafas pet ou latas, passe uma água antes de colocá-los no lixo. Evita o acúmulo de mosquitos e insetos.

- Vidros: Garrafas e frascos podem ser depositados normalmente, mas se o vidro estiver quebrado ou qualquer outro material cortante, como lâmina de barbear, por exemplo, embrulhe-os em algum papel (tipo jornal) ou coloque-os em alguma caixa para evitar que os coletores ou qualquer outra pessoa se machuque.

- Papéis: Ao descartar os papéis lembre-se que papel sujo não é reciclável. Devem ser dobrados e não amassados. Dê preferência para os que estiverem secos.

- Tampe o lixo: Tanto para o lixo reciclável quanto o orgânico, opte por recipientes fechados. Afasta insetos que são atraídos pelo cheiro de comida.